15 de março de 2018

Nota de pesar: Marielle Franco

Foto: Mídia Ninja

A Escola de Ciência Política da UNIRIO manifesta indignação com o assassinato da vereadora Marielle Franco na noite de ontem. Pelas características do crime, com carros emparelhados, nove tiros e nenhum objeto roubado, fica óbvio ter se tratado de uma execução e que os assassinos não pretendiam disfarçar isso. Marielle foi uma das vereadoras mais votadas na última eleição na cidade, pelo PSOL, e tinha um perfil que reunia em si uma série de lutas importantes: era negra, feminista, oriunda do Complexo da Maré, militante dos direitos humanos. Vinha denunciando abusos na atuação da Polícia Militar em Acari e era relatora na Câmara Municipal da Comissão de Representação e Acompanhamento da Intervenção Federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro. A apuração deste crime político é essencial e apoiamos a realização dos atos de solidariedade e resistência que se realizam no dia de hoje pelo Brasil. Também cancelamos nossas atividades letivas nesta data, como forma de luto e protesto. Manifestamos nossa solidariedade aos parentes e amigos da vereadora e de seu motorista, Anderson Pedro Gomes, também morto pelos criminosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *