22 de dezembro de 2018

GRISUL e NIEM organizaram mesa sobre Securitização das migrações a nível global

No dia 13 de dezembro de 2018, o Grupo de pesquisa em Relações Internacionais e Sul Global (GRISUL) e o Núcleo Interdisciplinar de Estudos Migratórios (NIEM) vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), organizaram conjuntamente a mesa redonda com o tema “A securitização global das migrações internacionais”. Participaram da mesa Jacques Ramírez, professor convidado da Universidade de Cuenca, no Equador, Helion Póvoa Neto, Professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e coordenador do NIEM, Rickson Rios Figueira, Professor Adjunto da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e membro do NIEM, e María Villarreal, pesquisadora do GRISUL e do NIEM. O evento foi apresentado pela professora Enara Echart, coordenadora do GRISUL, e foi mediado por Bruna Soares, doutoranda em Ciência Política e pesquisadora do GRISUL.

Os palestrantes apresentaram, a partir de variadas perspectivas, a securitização das migrações internacionais. O debate examinou diversos atores securitizadores, bem como seus discursos, reais interesses e alguns dos efeitos de suas ações, mostrando tanto a minoria poderosa que se beneficia com este processo, quanto as violações dos direitos humanos dos migrantes provocadas por estas medidas. No evento foram abordados processos securitizadores tanto no Norte quanto no Sul Global, atendendo especialmente aos processos de securitização que estão acontecendo no Brasil. A mesa também evidenciou sua interdisciplinaridade, umas das propostas da organização, ao abordar desde disciplinas como as Relações Internacionais, a Ciência Política, a Geografia e a Antropologia, autores da Escola de Copenhagen sobre a securitização dos temas e das agendas internacionais, até conceitos como a aporofobia e suas vinculações com a obra de escritores como Carlos Drummond de Andrade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *